Diário do Verde - Meio Ambiente em 1º lugar: Fevereiro 2010

Descer

Assine!

Ano de 2009 - Avaliação

Conquistas e Realizações de 2009 – Diário do Verde
/
Em 2009, o Diário do Verde...
/
[Ganhou Prêmios!]
/
→ ...é eleito, na Categoria Sustentabilidade, pela opinião pública, um dos melhores blogs do Brasil. Ele ficou entre os 100 mais votados do concurso Top Blog, que elegeu os melhores de 2009.
→ ...é anexado, pela seleção do Veja Sites&Blogs, na lista de blogs de alta qualidade da web.
/
[Participou de Concursos]
/
→ ...participou do Blog Action Day, que tem por objetivo ajudar na conservação do meio ambiente. O tema deste ano foi Mudanças Climáticas, e ao todo, mais de 13.000 blogs participaram e milhões de artigos aderiram à causa.
/
[Ousou]
/
→ ...denunciou e revelou a sociedade a sujeira envolvida por trás do Project10tothe100 do Google, que dizia que iria destinar U$$ 10 milhões à 5 ideias que tivessem por objetivo ajudar o maior número de pessoas. Nada do que foi dito foi cumprido, e você soube primeiro aqui, sobre o esquema internacional que afetou mais de 150.000 pessoas em 170 países diferente. O blog mandou uma carta ao Google Internacional, questionando sobre tal fato, mas até hoje, não obtivemos resposta.
/
[Transmissões]
/
→ ...transmitiu AO VIVO a Conferência Brasil 2020 (2020 Climate Leadership Campaign), que ocorreu em Belo Horizonte Minas Gerais, entre os dias 4-5-6-7 de agosto.
→ ...através de seu administrador (eu), concedeu uma entrevista sobre o blog, a Rádio Cruzeiro FM – 92,3, ao Programa Cruzeiro Educação. A entrevista foi ao ar no dia 22 de outubro, no horário das 14-15 horas da tarde. Esta entrevista foi transmitida de Sorocaba - SP, para toda a região do Estado de São Paulo.
/
[Apresentou à você, no finalzinho do ano]
/
→ … os principais acontecimentos daquele ano, do Brasil e do Mundo, sobre Meio Ambiente.
/
Um ano pode parecer muito pouco, mas aqui este pouco se transforma sempre em muito. Com aquele toque especial de união de informação e diversidade, que você só encontra aqui.

1 ano!!!

Feliz Aniversário Diário do Verde!
/

1 ano
Há exatamente 1 ano, este blog foi criado. E motivos não faltam para comemorar
/
De: Antonio Gabriel (Administrador)
Para: Seus leitores, apreciadores e visitantes
/
Antes de mais nada, gostaria de agradecer à todos aqueles que me ajudaram, em especial à todos que sempre apoiaram e incentivaram o meu trabalho, como minha mãe e meus amigos, mas primeiramente à Deus, sempre.
E em seguida, quero agradecer à você, que me incentivou nesta longa jornada desde a criação e atual condição deste endereço, cujo único e real objetivo é levar informação de qualidade sobre meio ambiente para todo o planeta, de Norte a Sul, de Leste a Oeste.
Apesar das dificuldades pelo caminho (pausas, desânimos e cansaço - afinal, nem tudo são flores), segui em frente, e estou dando curso à este meu nobre projeto de ampliar o conhecimento
das pessoas, especialmente de um tema tão importante para o nosso planeta.
Para mim, esta data representa mais do que um simples e comum aniversário: e sim um trabalho bem feito que já se estende por 365 dias.
Impressão de pouco tempo? Pois bem, agora olhe esta tabela que preparei:
/
1 ano de vida possui... [exceto ano bissexto]
/

365 dias... (12 meses)

2 semestres... (6 meses)
4 trimestres... (3 meses)
6 bimestres... (2 meses)
52,14285714285714 semanas... (7 dias)
8760 horas...
525 600 minutos...
315 360 000 segundos... (milhões)
31 536 000 000 centésimos de segundos... (bilhões)

31 536 000 000 000 milésimos de segundos (trilhões)!
/
Além destes datos relativos à ano, não faria o mínimo sentido se eu não apresentasse alguns dados oficiais deste blog, que se estabeleceram ao longo do ano. Vamos a eles:
/
Dados (do dia 07/02/2009 a 06/07/2009)
/

-> Posts: 286 (número variável)

-> Comentários: 3 (número variável)
-> Links: 2,697
-> Enquetes: 9
-> Seguidores Feed: 1
-> Seguidores no Twitter: 51
-> Pagerank: 2 (número variável)
-> Cartas válidas (com endereço de e-mail e nome informado): em breve será publicada esta informação - estou pesquisando na minha lista de contatos!
-> Visualizações de página: 4.146
-> Visitas únicas: 1.729

-> Média de visitas: 1 visita para cada 2,397917871602082 páginas (2,4).
-> Visitas no dia de hoje (06/01/10): 14
-> Visualizações de página hoje (06/01/10): 167
/
Eu acho que já deu para você conhecer um pouquinho mais sobre este blog e sua trajetória até aqui.
No próximo post, você ficará sabendo um pouco mais sobre o Diário do Verde: leia e analise com calma, um breve resumo com informações preciosas, uma verdadeira análise da vida útil deste blog.
Só resta a dizer, de todo o meu coração, FELIZ ANIVERSÁRIO, e que dia ap
ós dia, este blog possa ser mais interessante, dinâmico e presente: algo que farei questão que se concretize, plenamente, neste ano de 2010 (início de uma nova década).
/


Ser o número um - este é o meu objetivo!
/
OBRIGADO À TODOS QUE ME APOIAM TODOS OS DIAS, E ME DÃO FORÇA PARA IR FRENTE.
AFINAL, NÃO É À TOA QUE CADA VEZ MAIS, ESTE BLOG TEM COMO LEMA O MEIO AMBIENTE EM 1° LUGAR!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

É dinheiro demais!

Derretimento do Ártico pode custar US$ 24 tri até 2050--estudo
/
WASHINGTON (Reuters) - O derretimento das geleiras no Ártico pode custar de 2,4 trilhões de dólares a 24 trilhões de dólares até 2050 em danos à agricultura global, aos imóveis e às seguradoras causados pelo aumento do nível dos oceanos, enchentes e ondas de calor, informou um estudo divulgado na sexta-feira.
"Todos ao redor do mundo irão carregar esses custos", afirmou Eban Goodstein, um economista do Bard College, no Estado de Nova York, e co-autor do estudo chamado "Tesouro Ártico, Ativos Mundiais Derretendo".
Ele afirmou que o relatório, revisado por mais de uma dezena de cientistas e economistas e financiado pelo Pew Environment Group, um braço do Pew Charitable Trusts, é a primeira tentativa de calcular o tamanho das perdas de uma das regiões mais importantes para o clima mundial.
"O Ártico é o ar-condicionado do planeta e ele está começando a entrar em colapso", disse.
O derretimento de gelo e neve no Oceano Ártico já custa ao mundo de 61 bilhões a 371 bilhões de dólares anualmente, principalmente devido a ondas de calor, enchentes e outros fatores, disse o estudo.
As perdas podem aumentar, pois um Ártico mais quente tende a soltar grandes quantidades de metano. O gás teria um impacto 21 vezes maior que o dióxido de carbono no aquecimento global.
O derretimento do gelo no Oceano Ártico já está causando um aumento de temperaturas, pois a água escura, resultante do gelo derretido, absorve mais energia solar, afirmou. Isso pode causar derretimentos de mais geleiras e aumentar o nível dos oceanos.
Enquanto boa parte da Europa e dos Estados Unidos têm sofrido com nevascas e temperaturas abaixo do esperado neste inverno, as evidências aumentam de que o Ártico está em risco devido ao aquecimento.
Os gases geradores do efeito estufa saídos de escapamentos e chaminés levaram as temperaturas do Ártico, na última década, ao maior nível em pelo menos 2.000 anos, revertendo uma tendência natural de resfriamento, informou uma equipe internacional de pesquisadores no jornal Science, em setembro.
As emissões de metano do Ártico subiram 30 por cento nos últimos anos, disseram cientistas no mês passado.
/
(Reportagem de Timothy Gardner)
/
Fonte: MSN VERDE

Formspring.me

FormspringAlguma dúvida?
Pergunte o que quiser saber em http://formspring.me/agcg.
Na medida do possível, estarei retornando resposta à você.
Qualquer dúvida, é só chamar!!!

Início de tudo - A Criação do Mundo

Como tudo surgiu? De onde viemos?

Este trecho da Bíblia talvez ajude a resolver todas as suas questões.

Comentários e observações no final deste texto.

/

GÊNESIS (livro do Antigo Testamento)

/

I – AS ORIGENS (1-11)

A Criação

A Criação de Adão

1 1 No princípio, Deus criou os céus e a terra. 2 A terra estava informe e vazia; as trevas cobriam o abismo e o Espírito de Deus pairava sobre as terras.

3 Deus disse: “Faça-se a luz!” E a luz foi feita. 4 Deus viu que a luz era boa, e separou a luz das trevas. 5 Deus chamou à luz DIA, e às trevas NOITE. Sobreveio a tarde e depois a manhã: foi o primeiro dia.

6 Deus disse: “Faça se um firmamento entre as águas, e separe ele uma das outras.” 7 Deus fez o firmamento e separou as águas que estavam debaixo do firmamento daquelas que estavam por cima. 8 E assim se fez. Deus chamou ao firmamento CÉUS. Sobreveio a tarde e depois a manhã: foi o segundo dia.*

9 Deus disse: “Que as águas que estão debaixo dos céus se ajuntem num mesmo lugar, e apareça o elemento árido.” E assim se fez. 10 Deus chamou ao elemento árido TERRA, e ao ajuntamento das águas MAR. E Deus viu que isso era bom.

11 Deus disse: “Produza a terra plantas, ervas que contenham semente e árvores frutíferas que deem fruto segundo a sua espécie e o fruto contenha a sua semente.” E assim foi feito. 12 A terra produziu plantas, ervas que contêm semente segundo a sua espécie, e árvores que produzem fruto segundo a sua espécie, contendo o fruto a sua semente. E Deus viu que isso era bom. 13 Sobreveio a tarde e depois a manhã: foi o terceiro dia.

14 Deus disse: “Façam-se luzeiros no firmamento dos céus para separar o dia da noite; sirvam eles de sinais e marquem o tempo, os dias e os anos; 15 e resplandeçam no firmamento dos céus para iluminar a terra.” E assim se fez. 16 Deus fez os dois grandes luzeiros: o maior para presidir ao dia, e o menor para presidir à noite; e fez também as estrelas. 17 Deus colocou-os no firmamento dos céus para que iluminassem a terra, 18 presidissem ao dia e à noite, e separassem a luz das trevas. E Deus viu que isso era bom. 19 Sobreveio a tarde e depois a manhã: foi o quarto dia.

20 Deus disse: “Pululem as águas de uma multidão de seres vivos, e voem aves sobre a terra, debaixo do firmamento dos céus.” 21 Deus criou os monstros marinhos e toda a multidão de seres vivos que enchem as águas, segundo a sua espécie, e todas as aves, segundo a sua espécie. E Deus viu que isso era bom. 22 E Deus os abençoou: “Frutificai, disse ele, e multiplicai-vos, e enchei as águas do mar, e que as aves se multipliquem sobre a terra.” 23 Sobreveio a tarde e depois a manhã: foi o quinto dia.

24 Deus disse: “Produza a terra seres vivos segundo a sua espécie: animais domésticos, répteis e animais selvagens, segundo a sua espécie.” E assim se fez.* 25 Deus fez os animais selvagens segundo a sua espécie, os animais domésticos igualmente, e da mesma forma todos os animais, que se arrastam sobre a terra. E Deus viu que isso era bom.

26 Então Deus disse: “Façamos o homem à nossa imagem e semelhança. Que ele reine sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus, sobre os animais domésticos e sobre toda a terra, e sobre todos os répteis que se arrastam sobre a terra.” 27 Deus criou o homem à sua imagem; criou-o à imagem de Deus, criou o homem e a mulher.* 28 Deus os abençoou: “Frutificai, disse ele, e multiplicai-vos, enchei a terra e submetei-a. Dominai sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus e sobre todos os animais que se arrastam sobre a terra.” 29 Deus disse: “Eis que eu vos dou toda a erva que dá semente sobre a terra, e todas as árvores frutíferas que contêm em si mesmas a sua semente, para que vos sirvam de alimento. 30 E a todos os animais da terra, a todas as árvores dos céus, a tudo o que se arrasta sobre a terra, e em que haja sopro de vida, eu dou toda a erva verde por alimento.”

E assim se fez. 31 Deus contemplou toda a sua obra, e viu que tudo era muito bom. Sobreveio a tarde e depois a manhã: foi o sexto dia.

2 1 Assim foram acabados os céus, a terra e todo o seu exército. 2 Tendo Deus terminado no sétimo dia a obra que tinha feito, descansou do seu trabalho.* 3 Ele abençoou o sétimo dia e o consagrou, porque nesse dia repousara de toda a obra da Criação.

4 Tal é a história da criação dos céus e da terra.

/

Cap. 1 – 8. E assim se fez: esta frase teria sua colocação normal no fim do v. 6. Igualmente, seria preciso supri-la no v. 20.

24. Répteis: todos os pequenos animais que se arrastam sobre o solo.

27. Texto citado em Mt 19, 4; Mc 10,6.

Cap. 2 – 2. Texto citado em Heb 4, 4.

/

GênesisTudo o que você acabou de ler, acima, foi uma parte do Livro de Gênesis, da Sagrada Escritura, mais precisamente o Velho Testamento.

Para os cristãos, ela satisfaz as necessidades de curiosidades sobre o princípio da vida - Deus criou o homem, os animais, os seres vivos e ponto final. Não deve se discordar.

Os homens, é claro, querem ser mais do que Deus, e hora e outra bolam suas mirabolantes explicações, a maioria sem algum fundamento concreto, de que o mundo se formou assim e assado.

Só de teorias que dizem como foi que tudo surgiu, existem mais de 200. Na comunidade científica, entretanto, a mais utilizada é a do Big-Bang (grande explosão).

Ela consiste, basicamente, em afirmar que tudo só existe graças à uma explosão violenta, que ocorreu há 13,7 bilhões de anos.

Em relação aos seres humanos, começando por Charles Darwin, afirmam incessantemente que viemos por que viemos dos macacos. Ora bolas, pois, se isto fosse fato verídico, aí vai uma pergunta: porque ainda existem tantos macacos no mundo? Talvez não devesse existir.

Mas pelo sim ou pelo não, o correto é formar a sua opinião: eu já tenho a minha: surgimos graças à Deus. Aliás, eu não seria um cristão digno de ir à igreja, pelos deuses católica, se duvidasse do que foi determinado.

Vida alienígena, já é outra história: da mesma maneira que um planeta nos confins da Via Láctea, pôde estar apto a abrigar a vida, o que posso dizer então se em algum ponto em meio ao oceano do infinito não possa existir uma outra civilização? Sem contar que, cada dia que passa, mais pessoas juram de pés juntos que já presenciaram e tiveram contatos com fenômenos sobrenaturais: OVNI's, e até mesmo seres EXTRATERRESTRES (E.T.s).

Independente do que seja certo, errado, ou meio-termo, algo é indiscutível: o mistério da criação do mundo ainda deixará muita gente com o cabelo em pé!!!


Fonte: Bíblia Sagrada. (AVE-MARIA)

Aguardo o seu comentário!

Alteração bem-vinda

Meta para desmatamento pode ser antecipada, diz Minc
/
O ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, avaliou que se o Brasil mantiver o ritmo de devastação florestal alcançado nos últimos meses de 2009, o País poderá antecipar para este ano a meta de reduzir em 80% o desmatamento na Amazônia, prevista para ser alcançada em 2020. A consideração foi feita em documento entregue à Organização das Nações Unidas (ONU).
De acordo com Minc, a Amazônia pode fechar o ano com 3,5 mil quilômetros quadrados de desmatamento, cumprindo com dez anos de antecedência a meta para 2020. A informação foi dada ao comentar os dados do Sistema de Detecção do Desmatamento em Tempo Real (Deter), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). "Se repetirmos a performance dos últimos meses, atingiremos a meta dez anos antes do prazo", previu.
Nos meses de outubro e novembro de 2009, conforme o levantamento, o desmatamento atingiu 247,6 quilômetros quadrados de floresta, número 72,5% menor que o registrado em igual período do ano anterior (896 quilômetros quadrados). No quadrimestre agosto-novembro, o desmatamento da Amazônia caiu de 2.238 quilômetros quadrados, em 2008, para 1.144 quilômetros quadrados em 2009, uma redução de 49%.
A cobertura de nuvens na região no período foi de 17%, ou 14% menor do que os 31% registrados em 2008, permitindo maior visibilidade na observação dos satélites. "Ninguém pode dizer que não vimos desmatamento porque estava tudo coberto", explicou Minc.
O Pará liderou o ranking, com 108 quilômetros quadrados desmatados em outubro e novembro, mas com índice 60% abaixo do mesmo período do ano anterior. No Mato Grosso, segundo colocado, foram devastados 50 quilômetros quadrados de floresta, mas o índice também caiu significativamente. O destaque negativo ficou por conta do Amazonas. Apesar de ostentar a menor taxa da região, o Estado registrou crescimento de mais de 200% no desmatamento nos meses de outubro e novembro.
/
Fonte: MSN VERDE

Águas de Março



É pau, é pedra, é o fim do caminho
É um resto de toco, é um pouco sozinho
É um caco de vidro, é a vida, é o sol
É a noite, é a morte, é o laço, é o anzol
É peroba do campo, é o nó da madeira
Caingá, candeia, é o Matita Pereira
É madeira de vento, tombo da ribanceira
É o mistério profundo, é o queira ou não queira
É o vento ventando, é o fim da ladeira
É a viga, é o vão, festa da cumeeira
É a chuva chovendo, é conversa ribeira
Das águas de março, é o fim da canseira
É o pé, é o chão, é a marcha estradeira
Passarinho na mão, pedra de atiradeira
É uma ave no céu, é uma ave no chão
É um regato, é uma fonte, é um pedaço de pão
É o fundo do poço, é o fim do caminho
No rosto o desgosto, é um pouco sozinho
É um estrepe, é um prego, é uma ponta, é um ponto
É um pingo pingando, é uma conta, é um conto
É um peixe, é um gesto, é uma prata brilhando
É a luz da manhã, é o tijolo chegando
É a lenha, é o dia, é o fim da picada
É a garrafa de cana, o estilhaço na estrada
É o projeto da casa, é o corpo na cama
É o carro enguiçado, é a lama, é a lama
É um passo, é uma ponte, é um sapo, é uma rã
É um resto de mato, na luz da manhã
São as águas de março fechando o verão
É a promessa de vida no teu coração
É uma cobra, é um pau, é João, é José
É um espinho na mão, é um corte no pé
São as águas de março fechando o verão,
É a promessa de vida no teu coração
É pau, é pedra, é o fim do caminho
É um resto de toco, é um pouco sozinho
É um passo, é uma ponte, é um sapo, é uma rã
É um belo horizonte, é uma febre terçã
São as águas de março fechando o verão
É a promessa de vida no teu coração
pau, pedra, fim, caminho
resto, toco, pouco, sozinho
caco, vidro, vida, sol, noite, morte, laço, anzol
São as águas de março fechando o verão
É a promessa de vida no teu coração.

© Direitos reservados à Diário do Verde | Desenvolvido por Crie Web | Licença: CC 3.0 Internacional/Brasil Subir